segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Porto Alegre, a capital da qualidade de vida*

Por Cristiano Hickel >>


Depois do grande êxito na despoluição do Arroio Dilúvio, a gestão municipal anuncia novo pacote de medidas ambientais para a capital. Durante o anúncio, ainda, o prefeito decretou moratória para a construção de novos edifícios com mais de 5 andares, essa medida foi tomada para garantir mais justiça e equilíbrio entre as partes envolvidas na reforma do Plano Diretor, o qual contemplará novos índices seguindo estritas recomendações de mitigação e adaptação à mudança climática.

Dentre os novos projetos do pacote anunciado estão:
- finalização da retirada de automóveis do Centro, com a reforma das calçadas e substituição do asfalto por calçamento;
- os bicicletários seguros junto ao Mercado Público / Estação Trensurb, Rodoviária e Estação Farrapos serão ampliados;
- as principais ciclovias da cidade na Av. Farrapos, Av. Icaraí, III Perimetral, Av. Ipiranga e Av. Osvaldo Aranha / Protásio Alves receberão novos e modernos equipamentos de sinalização e iluminação;
- a feira da agricultura ecológica - realizada aos sábados na Av. José Bonifácio - terá mais espaço para as bancas e para circulação, pois a avenida ficará fechada para trânsito de automóveis das 6h de sábado até as 22h de domingo;
- a terceira equipe especializada em arborização, em formação, será enviada para treinamento na Sociedade Internacional de Arboricultura da Espanha (ISA Hispana);
- será implantada a última unidade de tratamento do esgotamento pluvial. Com isso, 100% de todo esgoto gerado na cidade será tratado;
- o cinturão verde interligando a zona rural sul, leste e nordeste de Porto Alegre à zona rural de Viamão e Capivari do Sul delimitada a sul da RS-040 até a BR-101 será decretada zona agroecológica livre de transgênicos e agrotóxicos;
- os morros da zona sul e os principais fragmentos de mata nativa serão interligados através da recuperação da vegetação.

O Prefeito finalizou o discurso comemorando o resultado dos investimentos em educação popular e agricultura urbana, que levaram Porto Alegre a ser classificada com o melhor coeficiente GINI da América Latina.

* Este texto é pura ficção.

5 comentários:

Arquiteturadapaisagem disse...

nem precisa dizer que é ficção. O que vale é o sonho. Tu ainda foi promovido a arquiteto, talvez pela convivência...

petropolisvive disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Obrigado pela promoção!
:D
Cristiano

Denis Hickel disse...

Está genial, pois trata-se de uma visão de futuro muito pertinente. E são com visões de futuro como essa que deveríamos trabalhar todos os dias, em todos os níveis das nossas vidas. promoção de valores ambientais e sociais, economias solidárias junto com a necessária desaceleração e decréscimo do atual modelo economico, visões holísticas entre outras, são OBRIGATÒRIAS em qualquer visão de um mundo sustentável a sério. Obrigado Cristiano pela inspiração!

Anônimo disse...

É isso aí, mesmo. Às vezes perdemos o foco, perdemos uma certa referência, andamos como autômatos sem saber onde vamos parar, repetindo passos e andando em círculos... Essa fantasia (perfeitamente exequivel) ajuda a retomar o foco nas metas.
Cristiano.